Carregando

  • QUEM PODE SER UM COOPERADO?

    Para se tornar um cooperado é muito simples, basta você ser uma empresas que possua a conta de luz em seu CNPJ e ser consumidor B com gasto mínimo de R$2.000,00/mês na fatura de energia.

  • COMO POSSO FAZER A ADESÃO?

    Basta acessar este LINK e preencher o cadastro. Um de nossos consultores entrará em contato para lhe informar se você se enquadra nos requisitos e dará andamento à sua adesão.

  • QUE DOCUMENTOS PRECISO PARA INGRESSAR EM UMA COOPERATIVA DE GERAÇÃO COMPARTILHADA?

    Precisamos apenas dos seguintes documentos:

    • Fatura de energia atualizada e em nome da empresa;
    • Contrato social da empresa;
    • RG e CPF do responsável pela empresa (conforme o contrato social);

    Com esses documentos iremos verificar se você se enquadra nos requisitos necessários para o ingresso na Cooperativa. Em caso positivo, sua adesão se dará de maneira 100% online, com os contratos assinados digitalmente.
    É rápido e fácil!

  • QUAIS AS VANTAGENS DO MODELO DE GERAÇÃO COMPARTILHADA PARA OS CONSUMIDORES?

    Participando da Cooperativa de Geração Compartilhada você receberá um desconto na conta de luz sem precisar fazer qualquer investimento. Além disso, não há risco de ficar sem fornecimento de energia já que você continuará conectado à rede da Distribuidora.

  • PRECISO MUDAR MINHA ESTRUTURA OU COMPRAR ALGUM EQUIPAMENTO?

    Fique tranquilo! Não é preciso fazer nenhuma modificação nem aquisição, seu benefício é a CUSTO ZERO!

  • QUANTO CUSTA PARA FAZER PARTE DA COOPERATIVA?

    Nada!

    Isso mesmo, é CUSTO ZERO!

    E o melhor, você só receberá o boleto da cooperativa após receber sua conta de luz da distribuidora local com o desconto de cooperado.

  • QUANTO TEREI DE DESCONTO NA CONTA DE LUZ?

    Como há variação da geração de energia na usina locada pela cooperativa (pela chuva e pelo sol, por exemplo), o desconto pode variar mensalmente, ficando próximo de 10% ao mês na média anual.

    Mas outra grande vantagem é em períodos de bandeiras tarifárias amarela ou vermelha I e II, pois enquanto há aumento no valor da tarifa de energia da distribuidora para todos os consumidores, O DESCONTO DO COOPERADO FICA AINDA MAIOR, já que esse aumento não é repassado para os cooperados Gedisa.

  • QUAL A VANTAGEM EM RELAÇÃO A PLACAS FOTOVOLTAICAS?

    Assim como um usuário de placas fotovoltaicas, o cooperado receberá um desconto no valor da conta de energia. No entanto, a grande vantagem no modelo de cooperativa é que não há nenhum custo para instalação nem para manutenção de equipamento. Além disso, mesmo que você tenha placas fotovoltaicas poderá ser um cooperado Gedisa e economizar ainda mais!

  • O QUE A GEDISA GANHA COM ISSO?

    A Gedisa é uma prestadora de serviços que faz a administração e operação da cooperativa de Geração Compartilhada. Dessa forma, somos remunerados pela usina geradora para atender às obrigações necessárias nessa modalidade de Geração Distribuída.

  • AINDA RECEBEREI O BOLETO DA DISTRIBUIDORA?

    Sim. Uma pequena parte da energia consumida ainda será paga para a Distribuidora, além de alguns custos como iluminação pública, por exemplo. É importante ressaltar que, para unidades consumidoras conectadas em baixa tensão (grupo B), ainda que a energia injetada na rede seja superior ao consumo, será devido o pagamento referente à demanda mínima de energia – valor em reais equivalente a 30 kWh (monofásico), 50 kWh (bifásico) ou 100 kWh (trifásico).

  • QUALQUER GERADOR PODE FORNECER ENERGIA PARA AS COOPERATIVAS?

    Apenas empreendimentos de energia renovável e com capacidade instalada com menos de 5MW podem fornecer energia nesta modalidade. Isto garante que toda a energia creditada aos cooperados seja de fonte limpa!

    Faz bem para você e faz bem para o meio ambiente!

  • SE EU QUISER SAIR DA COOPERATIVA, TEM ALGUM CUSTO?

    Não.

    Você deve apenas comunicar sua saída à Diretoria da Cooperativa com 60 dias de antecedência. Este período é necessário pois a distribuidora exige esse prazo para adequação no rateio dos créditos de energia entre os cooperados.

  • O QUE ACONTECE SE EU RECEBER MAIS CRÉDITOS DE ENERGIA DO QUE MEU CONSUMO NO MÊS?

    Isso é ótimo! Pois de acordo com a regulação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) você terá até 60 meses para utilizar os créditos que sobrarem, então eles serão revertidos em descontos nas suas próximas faturas.

  • CASO HAJA ALTERAÇÃO DA TITULARIDADE DE UMA UNIDADE CONSUMIDORA COM GERAÇÃO DISTRIBUÍDA, OS CRÉDITOS DE ENERGIA PODEM SER TRANSFERIDOS AO NOVO TITULAR?

    Não. De acordo com a ANEEL (2017): “Os créditos de energia alocados à unidade consumidora permanecem com seu titular, podendo ser transferidos apenas as unidades consumidoras desse mesmo titular (CPF/CNPJ), desde que elas sejam atendidas pela mesma distribuidora. Portanto, não há transferência dos créditos de energia para o novo titular da unidade consumidora com micro ou minigeração”.

  • QUAIS INFORMAÇÕES A FATURA DE UMA UNIDADE CONSUMIDORA COM GERAÇÃO DISTRIBUÍDA DEVE CONTER?

    Segundo o que especifica a ANEEL (2017): “A distribuidora deve informar mensalmente na fatura de energia:

    • Sua participação no Sistema de Compensação de Energia Elétrica;
    • O saldo anterior de créditos em kWh;
    • A energia elétrica ativa consumida;
    • A energia elétrica ativa injetada;
    • O histórico da energia elétrica ativa consumida e da injetada nos últimos 12 ciclos de faturamento;
    • O total de créditos utilizados no ciclo de faturamento;
    • O total de créditos expirados no ciclo de faturamento;
    • O saldo atualizado de créditos;
    • A próxima parcela do saldo atualizado de créditos a expirar;
    • O ciclo de faturamento em que ocorrerá”.

Feito com por Black Flag Publicidade