Carregando

terça-feira, 30 junho 2020

Gastando demais na pandemia? Saiba como economizar energia elétrica

Por

O consumo mais racional, consciente e econômico dos recursos naturais é um exemplo disso.

Apesar de o consumo de energia ter reduzido 14% devido do fechamento dos comércios de acordo com estudo realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), quem continua funcionando sabe que ainda assim, a conta de luz tem um grande peso no orçamento mensal. Diante desta nova situação, especialistas preveem uma mudança de hábitos.

O consumo mais racional, consciente e econômico dos recursos naturais é um exemplo disso. Mudanças como essas, além de serem mais responsáveis, também trazem um benefício financeiro. “Esse momento atípico pode ser de grande aprendizado para nós. Acredito que iremos desenvolver uma consciência de consumo e comportamento mais responsável em relação aos recursos naturais”, relata o CEO da Gedisa, Wolney Pereira.

Pensando nisso, os especialistas da Gaslog, administradora de cooperativas de geração compartilhada, separaram algumas dicas que podem ajudar a diminuir os gastos e ainda consumir forma consciente.

1- Dê preferência às lâmpadas LED

As lâmpadas de LED são mais eficientes do que as comuns. Por mais que elas produzam a mesma quantidade de luz (ou lúmem), as de LED utilizam menos energia. Além disso, é praticamente nula a geração de calor nesse processo, ajudando a economizar energia.

Com apenas 10 W, ela ilumina o mesmo que incandescente de 60W. No fim do mês, a economia ultrapassa os 80%.

2- Pinte as paredes de tons claros

Engana-se quem acha que a cor das paredes está relacionada somente com decoração de ambientes. A tonalidade escolhida para o cômodo pode influenciar diretamente na iluminação. Por isso, para precisar de menos luz e economizar, a melhor escolha são tons claros, preferencialmente o branco.

Além de dar a sensação de amplitude, isso garante que menos energia elétrica seja usada para iluminar o local.

3- Se não estiver usando, desligue as telas

Tanto para televisores quanto para computadores, ter o hábito de desligar a tela quando ninguém está usando ou assistindo faz bastante diferença. Em caso de notebooks, você pode tirar o carregador da tomada quando ele completar a carga. Desta maneira, ela não consome energia desnecessária.

Já televisores, caso você vá fazer alguma atividade e acabe esquecendo de desligar a TV, programe no timer para que ela desligue sozinha.

4- Use o ar condicionado certo

O uso do ar condicionado pode fazer grande diferença nas finanças. Por isso, é importante saber qual é o mais econômico. Os aparelhos com Selo Procel garantem que o consumidor conheça, entre os equipamentos e eletrodomésticos à disposição no mercado, os mais eficazes e que consomem menos energia.

5- Não lavar roupas e utensílios nos horários de pico

Em restaurantes, bares, hotéis e lavanderias, a água quente é usada para lavagem de diversos utensílios. Com isso, o consumo de energia elétrica aumenta, principalmente no inverno. Então, é bom evitar lavar os objetos e roupas nos horários de pico, que variam entre 17h e 21h.

Gostou das dicas dos nossos especialistas? Leia nossos outros conteúdos:

Feito com por Black Flag Publicidade