Carregando

quarta-feira, 7 outubro 2020

Como atingir a eficiência energética no seu negócio

Por
vista externa de um prédio à noite.jpg

Se a sua empresa ainda não se preocupa com eficiência energética, provavelmente ela está em desvantagem operacional.

“Fazer mais utilizando menos recursos”. Esta frase pode sintetizar o conceito de eficiência energética e, definitivamente, está no cerne de todas as empresas, independentemente do tamanho e área de atuação. 

Buscar a eficiência elétrica melhora a relação entre utilização de recursos e produtividade. E a sua empresa pode usar essa economia para investir e crescer. 

Em outras palavras, a eficiência energética é um conjunto de atividades que visa otimizar o uso das fontes de energia. A boa notícia é que, com medidas simples, é possível começar agora a reverter esse quadro e promover o uso racional da energia elétrica.

Veja a seguir algumas dicas que vão ajudar a alcançar esse objetivo no seu negócio!

  • Monitoramento

Monitorar o consumo de energia elétrica é mais do que controlar as contas e as oscilações do consumo mês a mês. Portanto, deve ser feito de forma a mapear os hábitos de consumo em todas as áreas da empresa.

Quanta energia é gasta? Como e onde a energia é gasta? Quais comportamentos precisam ser corrigidos ou melhorados a fim de diminuir ou erradicar desperdícios? Com esse diagnóstico em mãos, a empresa pode partir para o próximo passo.

  • Planejamento

Para que seja bem sucedida, qualquer melhoria ou mudança organizacional precisa ser bem planejada. Da mesma forma, a empresa que busca atingir eficiência energética precisa planejar como isso será feito.

  • Plano de ação

Depois de levantar detalhes sobre o consumo de energia elétrica e identificar os pontos de melhoria e as prioridades, é hora de traçar um plano de ação. Para isso, o plano de ação pode abranger três frentes principais: tecnologia, cultura organizacional e gestão.

  1. Tecnologia: primeiramente, verifique a possibilidade de substituir equipamentos eletrônicos por produtos equivalentes que apresentem consumo energético menor. O Selo Procel indica o nível de eficiência energética de cada produto. Logo, os equipamentos com o selo apresentam melhor performance com menor consumo. Por isso, dê preferência a esses.
  2. Cultura organizacional: a eficiência energética da empresa é diretamente influenciada pelo comportamento dos colaboradores. Portanto, incentive e reconheça boas práticas no ambiente de trabalho. Medidas simples como desligar todas as luzes, computadores e equipamentos no final do expediente são fáceis de implementar e fazem diferença. No entanto, elas precisam ser estimuladas com comunicação e campanhas internas. Posteriormente, considere treinar a equipe para uso adequado de todos os equipamentos, o que também estende sua vida útil.
  3. Gestão: uma vez definidas as melhorias necessárias e as metas para atingir a eficiência energética, é preciso estabelecer controles gerenciais para acompanhar o progresso e fazer os ajustes necessários. Esses podem ser feitos de forma simples, através de planilhas, ou então por meio de softwares de gestão de energia.

Para finalizar, é importante reforçar que atingir a eficiência energética requer mudança de comportamento e esforços conjuntos – não só da empresa, como também dos colaboradores. E, embora isso leve algum tempo, os resultados duram para sempre. 

Otimizar o emprego dos recursos energéticos tornará a sua empresa mais competitiva e mais sustentável. Além desses benefícios, as empresas que agem nesse sentido contribuem positivamente com a transformação de toda a sociedade – e isso não tem preço!

Leia também:

Feito com por Black Flag Publicidade