Carregando

quarta-feira, 21 outubro 2020

Como economizar energia elétrica ao abrir ou reformar o seu negócio

Por
escritório com várias mesas com computadores, cadeiras vazias

As despesas com energia elétrica pesam, e muito, no bolso dos empreendedores.

Nas indústrias, por exemplo, os gastos com energia elétrica podem chegar a 40% do custo total de produção. E ainda, segundo estudo publicado em 2019 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a tarifa média nominal de energia elétrica teve aumento de 230% entre 2000 e 2018. 

Ou seja, esses números mostram a importância de tomar medidas práticas que visam a economia e o uso responsável dos recursos elétricos. Se você está pensando em abrir ou reformar um negócio, leia esse texto até final. Ele contém orientações preciosas para empresas que querem diminuir o valor das contas de luz.

Ao traçar um plano para economizar energia elétrica no seu novo negócio ou na reforma dele, comece considerando esses pontos: climatização, computadores e iluminação. Juntos, eles representam a maior parte das despesas dessa natureza. Vamos lá para os detalhes?

Climatização

A climatização pode, sozinha, ser responsável por metade do consumo de energia elétrica em uma empresa. Ao escolher os equipamentos de ar condicionado, sempre opte pelos que têm o selo do Procel (Programa de Conservação de Energia Elétrica). Essa certificação atesta os melhores índices de eficiência energética.

Certifique-se de direcionar corretamente o ar-condicionado e de que o tamanho e potência dele atenda às dimensões do local – número de pessoas, tamanho da área, temperatura ambiente e insolação – para não sobrecarregar o aparelho.

Computadores

Sabia que o monitor de um computador representa até 80% do consumo de energia desse equipamento? 

O ideal é que o monitor seja desligado sempre que houver uma pausa no trabalho. Oriente todos os colaboradores a adotar esse hábito. Existe a possibilidade de configurar para que ele seja automaticamente desligado após alguns minutos sem utilização.

Ao final do expediente e nas pausas de final de semana, todos os aparelhos devem ser desligados, inclusive o estabilizador. Impressoras, caixas de som e demais acessórios não devem ser deixados ligados sem necessidade.

Se você está fazendo uma reforma no local, aproveite para substituir os monitores de tubo por modelos mais novos, que gastam menos energia.

Iluminação

Lâmpadas de LED gastam menos e duram mais. Lâmpadas fluorescentes T8 também são uma boa opção. Se você está reformando, substitua todas as lâmpadas incandescentes. 

Para novos negócios ou para aqueles em fase de reforma, verifique as condições das instalações elétricas, faça todos os reparos necessários e não esqueça da manutenção.

Neste texto trazemos dicas para condomínios que também podem ser úteis para você.

Aposte em uma solução definitiva

Ao reformar ou planejar um novo negócio, avalie aderir à geração distribuída de energia elétrica. Na Gedisa, pequenos e médios empresários podem aderir à modalidade sem necessidade fazer qualquer tipo de mudança no espaço. É possível reduzir até 15% da conta de luz sem investir nada em infraestrutura ou geradores.

Outro fator importante é conscientizar os funcionários. Um comportamento responsável quanto ao uso do ambiente e dos equipamentos exerce um grande impacto na redução de despesas e não exige investimento financeiro.

Se você quer economizar de verdade ao abrir ou reformar a sua empresa, a Gedisa tem a solução definitiva. Vamos conversar?!

Leita também:

 

Feito com por Black Flag Publicidade